Sustentar o fogo que a vitória é nossa Doc. nº 100 - 2012

SUSTENTAR O FOGO QUE A VITÓRIA É NOSSA doc. nº 100- 2012
www.fotalweb.com.br/grupoguararapes

(Almirante Barroso -Batalha do Riachuelo - 11 de junho  de 1865)

A nação assistiu, estarrecida, a  cenas dantescas de uma manifestação orquestrada pela esquerda, contra homens dignos que dedicaram suas vidas a serviço da Pátria e são partes vivas de sua história.

Aqueles jovens não haviam, ainda, nascido, em 1964; portanto, não viveram aqueles dias  e, como tal, sem, nenhum crédito  para fazerem as acusações levianas proferidas. Senhores de cabelos brancos  foram atacados, no seus direitos constitucionais de ir e vir, de se reunirem,  sendo a lei desrespeitada, quando feriu o Estatuto dos Idosos. Essa manifestação anárquica, verdadeira baderna,  é um espelho da democracia que apregoam.

É necessário que os verdadeiros democratas, os que estiveram e lutaram em 1964,  desmintam, energicamente as inverdades, exaustivamente, disseminadas pela  esquerda sobre a Contrarevolução e seus atos subsequentes.

É preciso divulgar que a luta armada iniciada pela esquerda revolucionária,  não visava a redemocratização no Brasil que tanto propalavam, e sim a  implantação de uma ditadura, nos moldes marxistas, da China e de Cuba.  Derrotados, iniciaram,em 1966, ações violentas, intensificadas, a partir de  1968. Essa radicalização contra os governos militares, tinha a finalidade  de tumultuar a redemocratização lenta e gradual, proposta pelos mesmos,  provocando a reação dos Órgãos de Segurança, de que eles se queixam,  alardeando que presos foram torturados e mortos, durante a repressão, calando  que foram eles que iniciaram sérias violações e assassinatos, onde vários  inocentes foram imolados.

O presidente Castello Branco, no seu discurso de posse declarou que: "A Contra revolução visava a uma arrancada para o desenvolvimento econômico, pela  elevação moral e política." Assim sendo, acima do progresso material, delineava-se, em suas palavras, que o objetivo maior era a preservação dos princípios éticos e do restabelecimento do estado de direito. A isso eles chamam de ditadura.

Em nenhuma parte do mundo , uma revolução vitoriosa, tido como um regime de  força consolidada por mais de 20 anos,   utilizou-se  de seu próprio arbítrio  para se auto limitar, extinguindo, aos poucos, seus poderes, anistiando  adversários, ensejando plena liberdade para aqueles que cumpriam a lei.  Portanto, a volta da  democracia não se deveu às esquerdas revolucionárias,  como elas querem fazer crer; tudo já estava decidido
pelos dois últimos  presidentes militares, que só a iniciaram após a derrota dos comunistas.

No seu discurso de posse, a Dilma declarou: "Minha geração veio  para a políitica, em busca de liberdade, num tempo de escuridão e muitos companheiros morreram nesta caminhada, a eles minha comovida homenagem e minha eterna lembrança".A diferença é grande. Castelo Branco falou de esperança, ética, honradez e progresso. Do povo unido, em torno de um ideal democrático. No, de Dilma, está expresso o revanchismo. A presidente tomou para a sua geração os louros da redemocratização. Pura utopia; pois, na época, éramos 90 milhões de habitantes e os comunistas não passavam de 20 mil.  Portanto, o povo brasileiro não aderiu à luta dos comunistas. A sua quase totalidade  apoiava o governo e denunciava os subversivos.

Com a anistia que tanto combatem, eles saíram da ilegalidade e atualmente muitos deles, verdadeiros assassinos, como Diógenes Sobroso de Souza e Ariosto Lucena que esfacelaram a coronhadas o crânio do Tenente Mendes, da Polícia de São Paulo, andando, livremente no país, sendo que, muitos deles, atualmente, estão instalados, em altos escalões dos poderes da União. Não confrontá-los, desmascará-los, é retroceder, assegurando-lhes a  manutenção dos privilégios que gosam, atualmente, e tal fato se constitui, numa traição à Contra revolução de l964.

ESTAMOS VIVOS! GRUPO GUARARAPES! PERSONALIDADE JURÍDICA sob reg. Nº12 58 93. Cartório do 1ºregistro de títulos e documentos, em Fortaleza.  Somos 1.804 civis – 49 da Marinha - 476 do Exército – 51 da Aeronáutica; TOTAL 2.380

WWW.FORTALWEB.COM.BR/GRUPOGUARARAPES

LEIAM COM CUIDADO!

A VERDADE É BEM CLARA!

REPASSEM AMIGO!

“Mentir é maldade absoluta. Não é possível mentir pouco ou muito; quem mente, mente. A mentira é a própria face do demónio; Satanás, além deste nome, chama-se também mentira”. (Victor Hugo)

Assine Nossa Newsletter

E Receba nossas novidades em seu email

SCLN 302 - Bloco B - Sala 101
Cep: 70.723-520
Brasília-DF
Brasil

Telefone: (61) 3327-3409